Estação do Bebê Burigotto
         
Terça-feira, 2 de setembro de 2014.









O que o bebê pode comer dos 9 aos 11 meses?

   Aos poucos, a alimentação do bebê vai ficando parecida com a alimentação da família. Ele já pode comer pequenos pedaços de carne,frutas, legumes, pão.
   
   A refeição salgada deve conter sempre um alimento de cada grupo:
   
   • Grupo 1 - cereais ou tubérculos: arroz, aveia,batata, inhame, cará.
   • Grupo 2 - hortaliça ou legume: couve, repolho,abóbora, cenoura, vagem, beterraba.
   • Grupo 3 - carnes de boi, ave, peixe, fígado.
   • Grupo 4 - grãos: feijão, lentilhas, ervilhas,soja e grão de bico.
   
   A família deve acostumar a criança a comer à mesa. A hora da comida é um bom momento para reunir a família e conversar com a criança.
   
   A criança precisa ter seu prato e sua colher.Nos intervalos das refeições, a família pode oferecer pequenos lanches para o bebê, como:
   
   • Frutas cruas ou cozidas amassadas.
   • Mingau de prato, feito com leite e farinha de milho ou trigo fortificados com ferro.
   • Pães e biscoitos sem recheio.
   • Iogurte natural ou coalhada caseira.
   
   
   O bebê precisa comer alimentos variados, frescos e limpos.
   Deve comer pedaços pequenos. Gosta de experimentar a comida dos adultos.
   Precisa ter horários certos e um lugar calmo e limpo para as refeições.
   A comida do bebê deve ter pouco sal, gordura e açúcar.
   O bebê deve ter seu prato e sua colher.
   A família deve acostumar a criança a comer à mesa.
   A hora da comida é um bom momento para reunir a família.
   
   (Fonte: Coleção Família Brasileira Fortalecida)




 Enviar esta dica para alguém
[Seu nome]
[Para qual e-mail você deseja enviar a lista]

    



centro de estudos do genoma humano Fundação Pró-Sangue
Fundação Pró-Sangue
 


Copyright © 2002 - 2014 Lojas Estação do Bebê Ltda.
Todos os direitos autorais reservados.
 
 
Buscador Google
 

site oficial da rupública federativa do brasil


SBP - Sociedade Brasileira de Pediatria
veja mais...


CRIANÇA SEGURA
veja mais...


Agência Nacional de Vigilância Sanitária
veja mais...


PROCONS MUNICIPAIS DO ESTADO DE S.PAULO
veja mais...


INMETRO
veja mais...


PORTAL DO CONSUMIDOR
veja mais...